sábado, 31 de maio de 2008

"Backdrifts. (Honeymoon Is Over.)"

Eu preciso de uma dose de adrenalina
De cafeína
De ácido
De álcool
Do espaço
Da monotonia
Da fluidez com que os pensamentos surgem e voam.

Eu preciso pular de uma ponte
Soltar as amarras, sair do normal
Eu estou normal
Não suporto estar no ponto “normal”
Quero a auto-estrada
Quero voar
Ir à guerra
Promover desastres, tacar fogo em coisas.

Meu corpo esfria, murcha, eu não quero isso, eu odeio isso
Eu odeio os dias, vê-los passar como se fossem o vento
Eu odeio estar no ponto morto
Eu quero adrenalina
Você não me dá anfetamina?
Porque você não me dá um pouco de ópio?
Porque você não joga uma bola de morfina entre os meus dentes?

Eu estou no descaso, eu estou no desespero
Eu quero surtar, eu quero voar, eu quero apenas respirar
Jogar-me do alto da ponte, sentir o vento passar pelo meu corpo
Desejando aquilo se tornar eterno
Assim numa sensação de leveza, liberdade
Eu preciso sair da estaca zero
Deixar de ser o zero
Você me dá a mão?

Eu preciso de uma dose de Johnny Walker
Eu preciso desabafar
A tanto que eu queria poder dizer, fazer, criar
Ainda é cedo, quem sabe tarde
Eu preciso de uma dose de todas essas coisas
Deitar a minha cabeça no travesseiro
E explodir!

Um comentário:

Mary West disse...

Ahhh o novo! A mudança sempre é bem vinda. Tb ando sentindo falta de grandes emoções.