sábado, 28 de fevereiro de 2009

Conotativamente Como o Pôr do Sol

Ao som de "Sparks" da Coldplay




Escritores são seres utópicos
Escritores são seres sonhadores
Sentem em demasia o que não podem falar
Escritores são tradutores da alma
Portanto... Interaja com a minha.

Escritores só vivem do que pressentem
Escritores são misteriosos
Escritores são afáveis
Parece que estão mais próximos de Deus
Escritores pintam e bordam com a vida
Tudo é inspiração.

Escritores são amantes solitários
Escritores são introvertidos caras-de-pau
Escritores viram o futuro
Por isso são loucos
E tidos como loucos.

Escritores são admirados
Mas nunca amados.

6 comentários:

Víctor Hugo disse...

"adimirados mais nunca amados"
muito bom!!
otimo texto budz!!

B. disse...

Maravilhoso texto,descreve uma boa verdade sobre os escritores.A 1ª estrofe já diz tudo.

Lua disse...

Nunca amada.
Introvertida cara-de-pau.
Mais próxima de Deus, e seria loucura revelar a minha opnião sobre esse assunto!

Mas realmente, concordo com tudo e aceito as concequências dessa minha escolha.

O profile do orkut ta lá no blog :D
Pode adicionar;

Bgs *:

C. Camargo disse...

e às vezes nos sentimos mais longe das pessoas, às vezes mais perto, às sofremos, mas enfim, assim somos, meio doidos assim...

abs e continue sempre com as boas reflexões...

Victor Hugo disse...

Fala Marcão, informo que esse blog foi homenageado no http://musicamaranhense.blogspot.com com o SELO CONECTOU, BLOG NOTA 10! Passa lá e dá uma olhada, abração!

Mary West disse...

Ao som de Coldplay fica ainda mais fino este texto. ;)