sábado, 11 de julho de 2009

Seletivo(s)

É tão mais fácil quando sento em um banco
Quando descanso minha costa, e penso
Ou não...
É tão mais fácil quando algo
Ou alguém...
Exige por mim
Importa-se por mim
Quando o mover e estalar de dedos
Em ação, deveriam ser meus
Ou seus?

É tão mais fácil quando se tem um refúgio
Um escape, algo
Ou alguém...
Para destruir aquilo que abala
Ou que me abala?
É tão mais fácil quando essa reação em cadeia
Não parte de nós, mas dos outros
Pois olhar por fora é melhor para criticar
É?

Isso tudo, todo sacrifício e importância
Valem à pena?

6 comentários:

B. disse...

Minha cabeça tão embaralhada,se estareceu com seu texto,que esta semana espera uma atitude alheia,parecendo com o texto,mas será que a partida não seria minha ?ou já foi ?Eita Louca cabeça esse minha.


Ahh Meu profile :http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=2433660706141142107

Não é incomodo nenhum!

Nanda Assis disse...

complicado ne, mas é bom.

bjossss...

Raquel P² disse...

Poxa amigo, vc como sempre surpreendendo...seus textos são ótimos, adorei,tdo bem q tem uns meio q complikdos, + ao final a gent entend, porém são mto legais...parabéns, continue assim...bjim moço
adoro vc

Variado! disse...

O ser humano é muito complexo... está sempre em busca da liberdade, mas nunca quer estar sozinho... "seria então uma liberdade condicional?
Confuso?
Abraço!

Dayane disse...

Marquinhos adorei o post.. me fez pensar.. bjo

Monique Frebell disse...

Será mesmo q é mais fácil?
Penso que a facilidade vem com a flexibilidade de lidar com as coisas e pessoas.

=)