sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Brilhante Como Alma

Ao som de "Dead Memories" do Slipknot (Novo CD está muito bom, recomendo!).


Vislumbrar o que não pode ver nem escutar
Onde está a minha redenção?
Correr atrás do vento ou por causa do vento
Mas por diabos onde está o vento?
Minha cabeça coça por conta dos espinhos
Mas me diga onde está o sangue?
As veias e artérias estão vazias.

Eu escuto um som que me faz ter sérias enxaquecas
Eu vislumbro o vazio da minha sala
Com um som ecoando fazendo a sala parecer ser maior
Mas me diga, onde está a minha redenção?
Onde estão os espinhos?
Onde está o sangue?
Onde está você pequeno ser?

Riffs, solos, arpejos, berros
Uma psicose louca se acomete em alguns momentos
Diga-me onde estão os desejos
O desespero
A agonia faz sentido para você?
Assim como os sorrisos, os anseios, as vontades
A primavera em si?
Diga-me por favor onde está a minha redenção
Onde está o vento
Onde estão os espinhos e onde está o sangue...
Eu preciso deles, como eu preciso deles!

Coce sua fronte
Deixe seus chifres saírem
Deixe sua face transfigurada e demoníaca tomar forma
Perceba como ela tem o seu lado belo
O seu lado sentimental aguçado
Um pequeno detalhe descontente perfeccionista
Sorri para mim como uma criancinha pedindo colo
Ou como a minha cachorrinha, Mika
Correndo para mim como se eu fosse o seu porto seguro.

Onde estão os meus adoráveis espinhos
Vento
Sangue
Redenção
Meu pequeno ser dos olhos d’água
Brilhantes como sua alma
Cintilantes
Onde?

3 comentários:

Mary West disse...

Super forte heim? E com um final avalassador.

Mary West disse...

ou avassalador?

Mary West disse...

Fikei confusa :O

Hahahahaaha