sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

O imperfeito

Mova-se, sim, agora sim mova-se
mova-se pois o sol surgira
cada filete seu surgira
brilha tanto na minha cabeça como na tua.

Ande, comece por esse pequeno buraco
ouça os estrondos que cada corda que há de te puxar para baixo, faz
ouça bem os dias tornarem-se escassos
mas mova-se, muito ainda tem pra ser construído
muito ainda tem para ser feito
filhos meus ainda terão de nascer.

Continue
contribua para um bom porvir
respire, não diga que o agora é tarde, apenas respire e encare
um dia após o outro mas encare
os anos não existem, tudo é uma grande maneira de recortar o tempo
tempo imutável
senhor máximo da destruição.

Como o próprio Amarante cantara:
"Eu gosto é do estrago"
Ou como outrora, por Lenine:
"Eu gosto é do inacabado
O imperfeito
O estragado que dançou"
eu quero ouvir um belo sorriso vindo de você
e uma mão estendida me dizendo: mova-se.

Alguém há de surgir para me ajudar a segurar o fardo
o fardo que é viver, o fardo do cotidiano
dos seres humanos
das suas micuinhas
o fardo de nascer e morrer
o fardo de sorrir e ponderar até o brilho dos dentes
as ocasiões e pessoas
alguém aparecerá para me dizer como devo agir, pois sozinho não posso.

Alguém há de surgir
para me mostrar no fundo dos seus olhos o calor que o mundo esqueceu
para me mostrar como as coisas podem ser complicadas e divertidas
para me mostrar que o dia-a-dia pode ser um aprendizado
para me mostrar como o sol que me faz derreter e transpirar
para me mostrar num pequeno jardim o trabalho árduo
de quem nem mesmo passa por importante
para me mostrar que ainda posso apostar em qualquer coisa sem sentido
apenas por querer apostar.

Já ouvi muitos sussuros
como versos intimistas que só a mim fazem sentido
faz bem ao espírito o amanhecer
o mover das águas e o barulho do mar
a aura transcendental de uma doce voz guiada pelo vento que até meus ouvidos chegam
como sussurros já conhecidos
faz bem ao espírito sentir tal calor.

5 comentários:

Víctor Hugo disse...

é importante alguem ao nosso lado, mais importante que isso é saber que vc é o mais importante,mais importante que qlqr um e que se esse ñ lhe acompahar e lhe mostrar tudo que vale a pena,é pq ele ñ vale a pena,o que vale é você e sua familia!
abraços budz

:::Carulhina::: disse...

é engraçada essa nossa relação com o tempo, né?

"Continue
contribua para um bom porvir
respire, não diga que o agora é tarde, apenas respire e encare
um dia após o outro mas encare
os anos não existem, tudo é uma grande maneira de recortar o tempo
tempo imutável
senhor máximo da destruição."

Pra mim, o tempo é um dos elementos mais brilhantes da humanidade. É incrivel como cada sociedade atribui a ele as mais diversas significações. Do tempo natural de uma estação ao pulo que ele da aos nossos pulsos depois da invenção do relógio, ele é esticado e comprimido (mais compimido que esticado hj em dia) com uma facilidade incrivel.
Parabéns pelo texto!! mt bom.

Agora dê uma espadinha no http://furicoonline.blogspot.com
Lá tem alguns dos meus devaneios.

Bjoks

Nadezhda disse...

"Como o próprio Amarante cantara:
"Eu gosto é do estrago"
Ou como outrora, por Lenine:
"Eu gosto é do inacabado
O imperfeito
O estragado que dançou"
eu quero ouvir um belo sorriso vindo de você
e uma mão estendida me dizendo: mova-se."

A parte que amis gostei.

Às vezes eu ouço uam voz aqui dentro mesmo dizendo 'mova-se'. Mas nem sempre faço isso.

;)

† nane-chan † disse...

Gostei muito, Muito Muito dessa poesia...
*o*
"os anos não existem, tudo é uma grande maneira de recortar o tempo
tempo imutável" - Essa foi a parte que eu mais gostei...
Além disso, tenho que te desejar Ano Novo (*tirei férias no Blogger e agora voltei*), mesmo que atrasado... Que todos os seus desejos se realizem!
:D

Mary West disse...

Soh sei que tou ficando velha. Ao menos na minha identidade.