domingo, 16 de maio de 2010

Prazer, meu nome é "Estrago"!

Definitivamente eu não presto!

Tava com uma pessoa quando me deparei em situação de completo egoísmo. Não costumo ser assim, mas, apesar da minha intensidade, libido exarcebada, senti sendo tão igual quanto qualquer outro maluco que já surgiu na vida dela.

Não que o fato de eu não prestar seja ruim, existem vários olhares sobre o assunto que possam ser dados; Mas, é como se ver em situação de apenas olhar para o próprio umbigo e esquecer que ali está outro ser querendo apenas um pouco de atenção.

Definitivamente eu não presto!

Não apenas pelo fato de ter uma puta libido alta, ou porque pelo lado de fora ser aparentemente tranquilo e pelo lado de dentro estar causando explosões e destruindo tudo... Somente por não tentar esquecer um pouco de mim e me doar para quem quer que seja... Você me compreende agora?

As mulheres geralmente gostam de sentirem-se escolhidas, acolhidas, lembradas e ouvidas. Descobri que o meu modo de ser, extremamente sincero sempre primeiro comigo mesmo, fere esses tais detalhes. Costumo não me importar com quem quer que seja presente próximo a mim ou não. Infelizmente, deixei que isso transparecesse a ponto de ser apenas mais um, esse tal “um” que detesto, pois, gosto do exclusivismo já que trato cada ser como algo exclusivo.

Definitivamente eu não presto!

E deve ter algo de interessante nisso tudo a ponto de mesmo que não dure muito, mas que ao menos seja lembrado por algo que cooperei para alguma evolução. Às vezes penso que exijo demais de mim mesmo; Tá, pode até ser, no entanto, exijo apenas o que percebo ser possível de alcançar.

Deve ter algo de bom em alguma parte desse meu cruciante ponto. Ao longo dos dias isso vai ser descoberto. Até lá, tentar educar-se e ponderar-se seria mais do que suficiente... Assim espero.

2 comentários:

Luciano Leite disse...

"pelo lado de fora ser aparentemente tranquilo e pelo lado de dentro estar causando explosões e destruindo tudo"
adorei isso, cara.
explodir por dentro é o primeiro passo para viver!

danielle disse...

Sou sua "versão feminina"
hahaha
mas n quero escrever sobre isso, não, em meu blog. Lá, o conceito é outro, mas tenho que expor, extravazar... onde?
eu ainda n sei
mas vou.
Aguarde pedaços meus por ai!